sábado, 14 de maio de 2011

canteiro da paixáo

4 comentários:

Lu disse...

Eu sempre vôo em todas as direções, mas gostei da idéia de ficar deitada junto aos canteiros. Planto tantas coisas todos os dias, paixão com certeza é uma dessas coisas.


bacio

Francy´s Oliva disse...

Delicadíssimo este poema.
Tenha uma linda semana.

odila-garcia disse...

Que delícia de canteiro de paixão. Ficar deitada junto ao canteiro onde plantei a paixão, ouvindo o som das ondas e do violão.
Lindo, lindo

Vinicius Pereira disse...

Esperar é a alma das coisas. A paciência é a virtude que nos porta ao eterno. Um dia a voz será ouvida, o instrumento soará vizinho e a cama, brilhando à luz da Lua, suas sedas entrelaçadas, será completa e indivisível.

lindo poema, como todos (em todos os sentidos)