quinta-feira, 10 de maio de 2018

Até quando?...



Até quando
desmontar as tralhas e seguir

- sabe deus para onde, - outra vez?

Até quando
jardins e quintais deixar, e seguir,
atrás de um novo lar,
novo jardim a plantar e florir

- sabe Deus, em que lugar...

Quisera um porto seguro, céu azul, 
mar em paz,

- quisera...

Descansar os sonhos                                                                                                                 

no costado de um navio ancorado 
(para sempre)
no cais,

- quisera...

Cantar para ti canções de adormecer
desejos à beira do a mar.

*Carmen Regina

Nenhum comentário: