quarta-feira, 19 de agosto de 2015

PALHAÇOS*






















PALHAÇOS*
O sistema movimenta os fios. 
O palhaço brinca de transgredir-lhe os movimentos.
O sistema ri, e a gente faz de conta que acha graça.


E assim somos,
sem que percebam que estamos sendo algo
além de marionetes, 
felizes, e mais nada,
crianças, bebendo da fonte do amor,
e irrigando a vida inteira 
com a mesma água abençoada.


Bravo! Bravo! Bravo!
O Palhaço jamais envelhece!
Ponto para a alma! 
Ponto para a sua perspicácia!


Palhaços! 
Ah, o orgulho que sinto em mim!
Nós, Palhaços amigos,
descobridores da Terra do Sem fim,
escrevemos belos poemas 
com a falácia do sistema.



*Carmen Regina
fotos da pg de Leonides Tico Quadra

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Meditação






*Meditação


A gota de orvalho espreguiça-se 
sobre a pétala...
Portas se abrem à meditação.

OMMMMM

Um grito jaz, preso  na garganta 
da poesia:
clarão, fulgência, vislumbre da eternidade.

Zzzzzzzzzzz.. 


... São precisos 1 herói, 12 titãs e a mão de deus 
para reunir o rebanho...
E uma abelha, tão somente, para dispersá-lo.

Cantares de CarminaReginae*


Face a face - Tagore em O Coração de Deus



Governante de minha vida, 
devo ficar a cada instante
face a face com Você?

Governante de todos os mundos, 
devo ficar reverentemente
face a face com Você?

Sob Seu amplo céu, 
com o coração humilde em solidão e silêncio,
devo ficar face a face com Você?

Nesse Seu mundo de lutas, tumultuado pelo esforço e labor,
por entre multidões apressadas, 
devo ficar face a face com Você?

E, quando minha obra neste mundo se acabar,
Governante dos governantes, solitário e mudo,
devo ficar face a face com Você?



- Poemas de Rabindranath Tagore – O Coração de Deus
  Escolhidos e editados por Herbert F. Vetter
  Ediouro.