segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

De Manoel da |Rosalinda...para a poesia do E terno


O poeta
e a poesia do poeta,
e o poeta que cria,
julga ele, a poesia,
como se a inventasse,
como se nunca existisse,
fosse novidade,
sendo de verdade o poeta
a poesia,
e a poesia
o poeta,
e ambos já têm idade
e sabedoria,
e poesia.

jmj
Poeta na alma...

2 comentários:

João Marques Jacinto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Marques Jacinto disse...

Será que é o poeta que cria a Poesia,
ou será a Poesia que faz o poeta?
A Poesia habita-nos há muito,
há muito que foi escrita, tatuada na alma,
pelo Poeta,
letra a letra,
palavra a palavra,
texto sagrado,
reinventada pela escrita do poeta,
para completar
o Uni Verso.
E cabe ao poeta
ser Poesia
para que a Poesia
seja o Poeta!

Dedicado à poeta Carmen, a mensageira (Hermes)!

Abraços-poema,

joão m. jacinto