quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

O calor das tuas mãos






Por meus olhos


Um único lance do teu olhar
e meus olhos ficaram colados em tuas pupilas
úmidas, amorosas e febris.



Vi quando a faísca saltou pelas janelas
e a atravessou meu peito como um raio
em noite de tempestade.



Chove granizo.
Uma faísca do teu olhar derreteu meu coração.
De pedra pura.



Sou rocha líquida, teu olhar vai me tornar
em riacho de amor.
Súbita alegria me invade...



Por meus olhos, estou feliz,
- que dirá meu coração?...
Ah, o toque macio da tua mão...um só...



Carmen Regina

3 comentários:

Sergio Bittencourt disse...

Palavras que ecoam na alma da gente.

Cris Corso disse...

Lindo.. palavras que nos remetem em um passado curto, mas longo e importante e caloroso passado...

Bjo..
Obrigada pela visita no meu blog :)

zeamerico.adv disse...

O coração enxerga mais longe, vê também o sentimento e percebe emoção...Parabéns querida amiga.