segunda-feira, 16 de maio de 2011

Poesia a caminho ...



Poesia,
a caminho,
pega ardor da Lua cheia;

O poeta,
sozinho, arrisca, 
risca o verso e se  incendeia;

A paixáo,
com rubra pena,
lavra em lava o poema.



*Carmen Regina

imagens:
1. imagens do Google
2.Portal Literal Terra.com


4 comentários:

zeamerico.adv disse...

Curto e quente, como o raio de sol que esquenta a gente, como a paixão que nos acende.
Gostei muito, minha querida Carmen.
Beijos.

Marineide disse...

Gostoso...Suave e sintético!!!
Maravilha!
Um beijo

Marco de Moraes disse...

Afortunado o poeta arisco, que com palavras traduz as paix~es da vida.

Gostei daqui.

Um bom final de semana!

Quano puder, acesse: http://palavrasproferidas.blogspot.com/2010/08/cinza-carmesim.html

Anderson Tomio disse...

Carmem,

Pelo trabalho que vens desenvolvendo no blog,
fazendo através do conteúdo de suas postagens,
algo que proporcionem a pensar e refletir sobre o conteúdo, deixei pra você um presente em meu blog que enfatiza isso. O selo - ESTE BLOG TRANSFORMA PESSOAS" ,resgate-o. Parabéns!!!

Com Carinho Anderson Tomio