sexta-feira, 17 de junho de 2011

deixo chorarem





Madrugada



Os desejos choram como gatos no cio.

Como bebês pedindo o seio materno,

os desejos choram até serem alimentados.


Bem aventurados os que conseguem acalmar

o pranto dos desejos

com poemas de amor e paixão.


Eu, não, eu deixo que chorem 

a noite inteira

até que o poeta se sinta desejado.



Carmen Regina
7 8 2010




11 comentários:

Prosas e Versos - AndreaCristina Lopes disse...

Lindo teu Blogue, teus textos! Tudo perfeito. Adorei passear por aqui.

Beijos e ótima noite!

Francy´s Oliva disse...

Ao menos chega um momento onde o poeta sempre é desejado, mas, há aqueles que não saciam então... Saboreiam as palavras do poeta.
beijos tenha um lindo final de semana.

MENEZES disse...

Estou retribuindo sua visita e atenção ao blog das meninas! Vc gostaria de se juntar a nós como autora? Se quisér, me mande seu e-mail por DM no TT para eu te cadastrar! bjs

Brasigrega disse...

Grata por seguir as Meninas Super Poderosas.
Seus versos são encantadores...

beijão

Fábio Valentim disse...

Belos versos, minha linda. Felicidades pra você

MARTINS PESCADOR disse...

Mesmo que os desejos sejam alimentados em pouco tempo estarão novamente famintos.

Carmen Regina Dias disse...

É a condição humana...
Naufragará a alma em seu oceano?

Vinicius Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vinicius Pereira disse...

Como me emociono com seus versos de regina!

Carmen Regina Dias disse...

Como me emociona ver-te ler-te sentir-te! É DiVINo!

Z.A. Feitosa disse...

Obrigado muito, Carmen! Que os Céus a bendigam com muitos êxitos. Saudações e bênçãos. Z.A. Feitosa