quinta-feira, 30 de junho de 2011

Beijo-te...




Beijo-te.
minha boca já é toda um riacho murmurante,
teus lábios, um mar de águas turbulentas.
Beijo-te, e embriago-me de amor.


Acaricio-te.
E não há oração mais sagrada que tocar-te a pele,
e minhas mãos não conhecem deleite maior
que a suavidade dos teus pelos.

Teu olhar se deita sobre mim
e as ninfas afloram aos meus poros,
querem sentir o perfume que exalas
enquanto deposito sobre o teu altar
a minha oferenda di amante.


*Carmen Regina
Imagem: site Olhares aeiou













***



2 comentários:

Menina no Sotão disse...

Uau, que intensidade mais gostosa. A pele colheu cada grama de ousadia e sentimento por trás de cada palavra.

bacio

Luis Bento disse...

Belo, intenso, um beijo em palavras...