quarta-feira, 2 de março de 2011

para Juno, de Bruna Bellatriz

foto Iris com Pérola e Polar



Esperando

Aqui só chove, a primavera anda distante
Ainda tem outono inverno pela frente
Ceres já não produz como antigamente

Aqui se pergunta, ali respondem sábias palavras
Ainda que frias, despojadas, sem metáforas
Hades já pactua, palavras já são escravas

Aqui se esfria, põe-se a neve por sobre a cidade
Ainda que de manso, feito neblina
Mas sem alegria de Juno, inda vira tempestade

Aqui se lança, por quem escreve, garrafas ao mar
Levam mensagens, s.o.s, tomara cheguem
E, por quem lê, possa ser o libertar.


3 comentários:

Coisas de Ana Cristina disse...

Gostei muito do seu blog... Seguindo! Beijo grande querida.. Prazer.. se quiser visitar o meu seja bem vinda! www.coisasdeanacristina.blogspot.com

José Américo disse...

Feliz é Juno, que merece o amor e o carinho da Carmen Regina, que acumula as funções de musa e poeta nossa.
Abraços,

Iara disse...

Uma vez uma amiga disse em meu blog, que dificilmente lá deixa comentários porque leva minhas poesias para reflexão. Eu a entendo muito bem , venho sempre aqui, me demoro, leio, releio, me encanto, e quando penso que conseguirei comentar algo, dizer ao menos uma frase que se coloque a altura de tuas poesias, mais uma vez palavras me faltam, mais uma vez me calo, sou absorvida por teus poemas a ponto de me tornar uma poeta muda.
Beijos recheados de minha admiração